Espondilose e envelhecimento

Compartilhe

A espondilose cervical, também conhecida como osteoartrite cervical, é uma condição relacionada à idade em que a coluna cervical degenera como resultado do desgaste das vértebras e da cartilagem. Alterações degenerativas da coluna vertebral ocorrem naturalmente com a idade, geralmente começando em pessoas com mais de 55, mas cada indivíduo envelhece de forma diferente. Os aspectos naturais do envelhecimento afetam algumas pessoas mais do que outras, dependendo de quanto o corpo está sobrecarregado.

A coluna vertebral é composta de ossos chamados vértebras que são separados por discos que fornecem um espaço entre as vértebras para permitir o movimento da coluna. À medida que a pessoa envelhece, os discos naturalmente começam a perder fluido e o espaço entre cada vértebra torna-se menor. Com espondilose cervical, o processo é muito mais rápido e grave, muitas vezes resultando em sintomas de dormência, rigidez e dor. A fraqueza dos músculos e o formigamento também podem estar associados à espondilose cervical, uma vez que a degeneração da coluna torna os espaços entre as vértebras menores, causando um impacto dos nervos na região cervical.

Embora a idade seja a causa mais comum de desenvolvimento de espondilose cervical, a condição também pode ser resultado de falta de exercício, excesso de peso ou devido a uma lesão. Artrite, hérnia de disco e esporão ósseo são outras condições da coluna que podem ser associadas à espondilose cervical também.

Encontrar alívio para qualquer condição que cause dor é uma prioridade para qualquer pessoa e, quando os sintomas da espondilose cervical evoluírem para dor crônica, talvez seja hora de consultar seu médico. A quiropraxia e a fisioterapia se concentrarão em alinhar sua coluna naturalmente, liberando os nervos comprimidos e diminuindo a dor. Remédios caseiros, como a aplicação de terapia de calor e frio e uma dieta composta de alimentos que tratam a inflamação, também são boas opções para aliviar os sintomas à medida que você recebe o tratamento. O envelhecimento é inevitável, assim como as mudanças pelas quais seu corpo passa, mas você pode tratar sua espondilose cervical e encontrar alívio.

 

Publicações Recentes

Hiperostose Esquelética Idiopática Difusa

A hiperostose esquelética idiopática difusa, também conhecida como DISH, é uma fonte mal compreendida e frequentemente mal diagnosticada ... Saiba mais

Março 30, 2021

Causas de acidentes de motocicleta, lesões e tratamento quiroprático

Os acidentes de motocicleta são muito diferentes dos acidentes automobilísticos. Especificamente é quanto os pilotos ... Saiba mais

Março 29, 2021

Ângulo de fase e marcadores inflamatórios

Avaliação antropométrica A medição antropométrica desempenha um papel principal na avaliação da saúde do paciente. Medidas antropométricas ... Saiba mais

Março 29, 2021

Por que a tendinite não deve ser deixada sem tratamento na perspectiva da Quiropraxia

A tendinite pode acontecer em qualquer área do corpo onde um tendão está sendo usado em demasia. ... Saiba mais

Março 26, 2021

Massagem desportiva de Quiropraxia para lesões, entorses e distensões

Uma massagem esportiva quiroprática reduzirá o risco de lesões, aumentará a flexibilidade e a circulação ... Saiba mais

Março 25, 2021

A Importância da BIA e TMAO

O mundo da medicina avança e cresce continuamente. A pesquisa está sendo publicada todos os dias ... Saiba mais

Março 25, 2021

Especialista em lesões, traumatismos e reabilitação da coluna vertebral

Histórico e registro online 🔘
Ligue-nos hoje 🔘