Neurologia funcional: açúcar e saúde do cérebro

Compartilhe

Você costuma sentir baixa resistência cerebral por foco e concentração? Você costuma desejar açúcar e doces à tarde? Ou você se sente energizado após as refeições? Glucose, or sugar, is the main source of energy in the human body. And, because the human brain has so many nerve cells or neurons, it is one of the most energy-demanding organs, which utilizes about one-half of all the energy from glucose in the human body. Sugar is important but too much of it can also have its downsides. �

 

Brain functions, such as memory, thinking, and learning, are relatively associated with glucose levels and how efficiently the brain utilizes this essential energy fuel source. If there isn’t enough glucose, or sugar, in the brain, by way of instance, neurotransmitters, or the human brain’s chemical messengers, don’t develop properly and the communications between neurons can ultimately break down. Additionally, dysglycemia, a common health issue caused by abnormal blood glucose levels, can cause loss of energy for brain function and has also been associated with poor attention and cognitive function.  

 

“The human brain is dependent on sugar or glucose as its main energy fuel source,” stated Vera Novak, MD, Ph.D., an HMS associate professor of medicine at Beth Israel Deaconess Medical Center. “It just simply cannot be without it.”  

 

O que é disglicemia?

Como mencionado anteriormente, a estrutura e a função cerebral, como a cognição, podem ser afetadas por disglicemia ou anormalidades da glicose no sangue em adultos mais velhos. Os pesquisadores realizaram um estudo de coorte transversal e longitudinal, analisando a associação da disglicemia com a saúde do cérebro. Os pesquisadores descobriram que a disglicemia está associada a um número aumentado de infartos cerebrais, volume de hiperintensidades da substância branca e diminuição do volume total de substância branca, substância cinzenta e hipocampo de forma transversal. De acordo com o estudo, também houve uma diminuição longitudinal do volume de massa cinzenta. A disglicemia foi associada, em última análise, ao desempenho reduzido da linguagem, velocidade e função visuoespacial.  

 

“Our results suggest that dysglycemia affects brain health in elderly survivors, evidenced by higher cerebrovascular disease, lower white, and gray matter volume as well as language, visuospatial function, and cognitive speed,” stated the authors.

 

A disglicemia pode causar alterações nos níveis de glicose no sangue, o que pode causar uma variedade de problemas de saúde. A disglicemia também não é necessariamente definida por níveis específicos de açúcar no sangue. Em vez disso, ter níveis de glicose no sangue anormalmente baixos, altos ou instáveis ​​sugere um problema de saúde subjacente que requer mais investigações. Além disso, enquanto o diabetes tipo 1 e tipo 2 são as causas mais comuns de disglicemia, outros exemplos de anormalidades no nível de açúcar no sangue podem incluir diabetes gestacional e condições pré-diabéticas, além de anormalidades relacionadas a medicamentos e geneticamente relacionadas aos níveis de açúcar no sangue.  

 

Furthermore, dysglycemia can be a result of hereditary or environmental factors, or it can even be a combination of both. Genes can predispose a person to ultimately develop dysglycemia over time, just as much as several lifestyle habits can, too. A poor diet high in unhealthy fats, sugars, and processed foods can commonly cause a person to develop dysglycemia. Lacking certain vitamins and minerals that enhance the human body’s sensitivity to insulin can also cause dysglycemia.  

 

Disglicemia e saúde cerebral

Embora o cérebro precise de glicose ou açúcar, muito dessa fonte de combustível também pode ter vários efeitos colaterais. Um estudo de pesquisa 2012 em animais realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia em Los Angeles demonstrou uma relação positiva entre o consumo de frutose, outra forma de açúcar e o envelhecimento das células. Um estudo de pesquisa 2009, também utilizando modelos animais e conduzido por uma equipe de cientistas da Universidade de Montreal e do Boston College, conectou o consumo excessivo de glicose à memória e deficiências cognitivas. Mais pesquisas ainda são necessárias.  

 

Os efeitos da glicose e de outras formas de açúcar no cérebro humano podem ser os mais profundos no diabetes, um grupo de problemas de saúde nos quais os níveis elevados de glicose no sangue persistem por um período prolongado de tempo. O diabetes tipo 1 é um problema de saúde em que o sistema imunológico destrói as células do pâncreas que produzem insulina, um hormônio utilizado pelo corpo humano para manter e regular os níveis de glicose no sangue. O diabetes tipo 2, causado por fatores alimentares e outros fatores ambientais, é um problema de saúde no qual as células ficam sobrecarregadas com insulina e não respondem adequadamente e acabam se tornando resistentes à insulina.  

 

Long-term diabetes, either type 1 or type 2, can have many consequences for the brain cells, or neurons, as well as the brain. High blood glucose levels can affect the brain’s functional connectivity which connects brain regions that share functional properties and brain matter. It can also cause the brain to atrophy or shrink and it can lead to small-vessel disease, which restricts blood flow in the brain, causing cognitive difficulties and it can cause the development of vascular dementia.  

 

Em seu laboratório, Novak avaliou várias maneiras de prevenir esses efeitos em pessoas com diabetes tipo 2. Uma dessas maneiras envolve um spray nasal conhecido como insulina intranasal (INI). Quando usado, o INI entra no cérebro e se liga aos receptores em suas redes de memória, incluindo o hipocampo, o hipotálamo e o córtex insular. À medida que a sinalização nessas redes de memória se torna mais eficiente, as funções cognitivas nessas áreas, como aprendizado e percepção visual das relações espaciais, melhoram.  

 

“Type 2 diabetes accelerates brain aging,” says Novak, “which, in turn, accelerates the progression of functional decline. With intranasal insulin, we’re hoping to find a new avenue for treatment to slow down these effects or prevent them altogether.”  

 

Em um estudo piloto, Novak e seus colegas descobriram que uma dose única de INI teve um efeito positivo na memória, aprendizado verbal e orientação espacial. Agora, ela está planejando o primeiro ensaio clínico do INI em adultos mais velhos com diabetes tipo 2. Os resultados do ensaio clínico são especialmente relevantes devido à alta prevalência de demência e declínio cognitivo significativo entre idosos com diabetes. Açúcar, ou glicose, é fundamental, no entanto, deve ser controlado para a saúde geral do cérebro.  

 

A glicose, ou açúcar, é uma fonte importante de combustível para todas as células do corpo humano, especialmente o cérebro. No entanto, quantidades excessivas de glicose no sangue ou açúcar podem ser mais prejudiciais do que benéficas e, em última análise, podem causar uma variedade de problemas de saúde cerebral, incluindo doenças neurológicas como demência e doença de Alzheimer. Disglicemia, glicemia ou açúcar anormal, níveis, é uma condição comum no diabetes. Gerenciar e regular glicose ou açúcar em pacientes com diabetes é essencial para promover a saúde e o bem-estar geral do cérebro, de acordo com estudos de pesquisa. - Dr. Alex Jimenez DC, CCST Insight

 


 

Formulário de Avaliação de Neurotransmissores

 

O seguinte Formulário de Avaliação de Neurotransmissor pode ser preenchido e apresentado ao Dr. Alex Jimenez. Os sintomas listados neste formulário não devem ser utilizados como diagnóstico de qualquer tipo de doença, condição ou qualquer outro tipo de problema de saúde.  

 


 

Você costuma sentir baixa resistência cerebral por foco e concentração? Você costuma desejar açúcar e doces à tarde? Ou você se sente energizado após as refeições? Glicose, ou açúcar, é a principal fonte de energia no corpo humano. E, como o cérebro humano possui tantas células nervosas ou neurônios, é um dos órgãos que mais demandam energia, que utiliza cerca de metade de toda a energia da glicose no corpo humano. O açúcar é importante, mas muito dele também pode ter suas desvantagens.  

 

Brain functions, such as memory, thinking, and learning, are relatively associated with glucose levels and how efficiently the brain utilizes this essential energy fuel source. If there isn’t enough glucose, or sugar, in the brain, by way of instance, neurotransmitters, or the human brain’s chemical messengers, don’t develop properly and the communications between neurons can ultimately break down. Additionally, dysglycemia, a common health issue caused by abnormal blood glucose levels, can cause loss of energy for brain function and has also been associated with poor attention and cognitive function.  

 

O escopo de nossas informações limita-se a problemas de saúde quiroprática, músculo-esquelética e nervosa ou a artigos, tópicos e discussões sobre medicina funcional. Utilizamos protocolos funcionais de saúde para tratar lesões ou distúrbios do sistema músculo-esquelético. Nosso escritório fez uma tentativa razoável de fornecer citações de apoio e identificou o (s) estudo (s) de pesquisa relevante (s) que apóiam nossos posts. Também disponibilizamos cópias dos estudos de apoio à diretoria e / ou ao público, mediante solicitação. Para discutir melhor o assunto acima, não hesite em perguntar ao Dr. Alex Jimenez ou entre em contato em 915-850-0900

 

Curated pelo Dr. Alex Jimenez  

 

Referências:

  • Marchione, Victor. “Cognition and Brain Structure Affected by Dysglycemia in Older Adults: Study.” Saúde de Bel Marra - últimas notícias e informações sobre saúde, Bel Marra Health, 10 Jan. 2017, http://www.belmarrahealth.com/cognition-brain-structure-affected-dysglycemia-older-adults-study/.
  • Edwards, Scott. “Sugar and the Brain.” Açúcar e o cérebro | Departamento de Neurobiologia, neuro.hms.harvard.edu/harvard-mahoney-neuroscience-institute/brain-newsletter/and-brain-series/sugar-and-brain.

 


 

Discussão Adicional do Tópico: Dor Crônica

A dor repentina é uma resposta natural do sistema nervoso que ajuda a demonstrar possíveis lesões. Por exemplo, os sinais de dor viajam de uma região lesada através dos nervos e da medula espinhal até o cérebro. A dor é geralmente menos severa como a lesão cicatriza, no entanto, a dor crônica é diferente do tipo de dor média. Com dor crônica, o corpo humano continuará enviando sinais de dor ao cérebro, independentemente de a lesão ter cicatrizado. A dor crônica pode durar várias semanas até vários anos. A dor crônica pode afetar tremendamente a mobilidade do paciente e pode reduzir a flexibilidade, a força e a resistência.

 

 


 

Neural Zoomer Plus para Doenças Neurológicas

 

O Dr. Alex Jimenez utiliza uma série de testes para ajudar a avaliar doenças neurológicas. O Zoom NeuralTM Plus é uma variedade de autoanticorpos neurológicos que oferece reconhecimento específico de anticorpo para antígeno. O Zoomer Neural VibranteTM Plus é projetado para avaliar a reatividade de um indivíduo a 48 antígenos neurológicos com conexões a uma variedade de doenças neurologicamente relacionadas. O Zoomer Neural VibranteTM O Plus visa reduzir as condições neurológicas, capacitando pacientes e médicos com um recurso vital para a detecção precoce de riscos e um foco aprimorado na prevenção primária personalizada.  

 

Sensibilidade Alimentar para a Resposta Imune IgG e IgA

 

O Dr. Alex Jimenez utiliza uma série de testes para ajudar a avaliar os problemas de saúde associados às sensibilidades alimentares. O Zoom de Sensibilidade AlimentarTM é uma matriz de 180 antígenos alimentares comumente consumidos que oferece reconhecimento de anticorpo para antígeno muito específico. Este painel mede a sensibilidade de IgG e IgA de um indivíduo aos antígenos alimentares. Ser capaz de testar anticorpos IgA fornece informações adicionais aos alimentos que podem estar causando danos à mucosa. Além disso, este teste é ideal para pacientes que podem estar sofrendo de reações retardadas a certos alimentos. Utilizar um teste de sensibilidade alimentar baseado em anticorpos pode ajudar a priorizar os alimentos necessários para eliminar e criar um plano de dieta personalizado de acordo com as necessidades específicas do paciente.  

 

Fórmulas para Suporte de Metilação

 

XYMOGEN ?? s Fórmulas profissionais exclusivas estão disponíveis através de profissionais de saúde licenciados selecionados. A venda pela internet e o desconto de fórmulas XYMOGEN são estritamente proibidos.

 

Orgulhosamente, Dr. Alexander Jimenez faz com que as fórmulas XYMOGEN estejam disponíveis apenas para pacientes sob nossos cuidados.

 

Por favor, ligue para o nosso escritório para que possamos atribuir uma consulta médica para acesso imediato.

 

Se você é um paciente de Clínica médica e de Quiropraxia para lesões, você pode perguntar sobre o XYMOGEN chamando 915-850-0900.

 

Para sua conveniência e revisão do XYMOGEN produtos, consulte o seguinte link. *Catálogo XYMOGENBaixar  

 

* Todas as políticas XYMOGEN acima permanecem estritamente em vigor.

 


 

 

Publicações Recentes

A gordura da barriga pode causar dores nas costas e lesões

A gordura da barriga é uma porta de entrada para dores nas costas / problemas na coluna que podem levar a vários problemas de saúde ... Saiba mais

22 Abril , 2021

Expressão gênica, SNPs e recuperação de lesões

A atividade física tem um forte impacto na composição corporal. Composição corporal e métodos específicos ... Saiba mais

22 Abril , 2021

Dor ciática e melhora dos sintomas

Determinar se a dor ciática e os sintomas estão apresentando melhora pode ser tão simples quanto a dor significativamente ... Saiba mais

22 Abril , 2021

Acidentes de ATV, lesões e tratamento / reabilitação de Quiropraxia

Muitos indivíduos gostam de andar de veículos todo-o-terreno ou ATVs. É um passatempo divertido e ... Saiba mais

21 Abril , 2021

Apnéia do sono e dor nas costas

Boa parte da população sofre de dores noturnas nas costas. Mas tem outro ... Saiba mais

19 Abril , 2021

Estresse e ansiedade relacionados a lesões tratadas com tratamento quiroprático

Passar por acidentes traumáticos que resultam em lesões pode causar estresse relacionado a lesões e ansiedade por ... Saiba mais

16 Abril , 2021

Especialista em lesões, traumatismos e reabilitação da coluna vertebral

Histórico e registro online 🔘
Ligue-nos hoje 🔘