Explique sua dor para um médico | El Paso, TX.

Compartilhe

Sua dor: El Paso TX. Quiroprático, Dr. Alex Jimenez discute maneiras de ajudá-lo a obter os cuidados de que precisará em sua próxima consulta.
 I’ve been treating patients with severe and dor crônica ao virar da esquina em Rutherford, New Jersey, para lugares tão distantes como a Austrália e a África do Sul.

From our patient’s first reference to the past treatment office visit, the success of any pain treatment we prescribe is contingent upon us (the health care provider) correctly treating the root cause of your pain.

As the patient, just describing your intense pain or neuropathic pain is a high stakes” conversation that is “. I am able to read your medical history, attributing lab results and physician reports, however this really is secondary to understanding each patient’s pain mechanics. It is absolutely vital this is communicated to your pain management provider as correctly as possible.

For those fighting “invisible pain” such as fibromyalgia, CRPS (complex areas pain syndrome), RSD (reflex sympathetic dystrophy), diabetic neuropathy or long-term pain after cancer treatment, correctly communicating the place, frequency and depth of the discomfort can be especially demanding and emotionally taxing.

You might wish to bring this short article for your next doctor visit and go over each of the key pain description points I’ve outlined below.

Eu realmente espero que seu médico faça essas perguntas, mas, se não, você pode se comportar como seu próprio promotor da dor e oferecer essa informação.

“Tell Me About Your Pain”

Com base em seus registros médicos, já conhecemos o motivo da dor (lesão ou doença). Para reiniciar a sua maior qualidade de vida possível, nosso objetivo seria remover ou minimizar esse sintoma.

Pain symptoms are private, subjective –and unique. (What Joe describes as “unbearable pain” could be considered “fairly disagreeable pain” to Mike). Through the years, I developed my own “pain diagnostic” conversation with patients to assist my team and I understand what, where, when and just how much pain patients are feeling.

I’ve outlined key points below:

Time Matters

This is key to a proper analysis. Don’t presume we know you’ve combated with this pain to get a month a year or a decade.

1.I’ve had this pain for _________________.

2. Com frequência e por quanto tempo dura?

3. O que acende (acende) ou diminui sua dor e por quanto tempo?

Localização, localização, localização

Imagem de um corpo humano com uma visão traseira e frontal (veja acima)

Os médicos podem instruí-lo a indicar a área / s onde sua dor está concentrada. Eles também podem solicitar que você note uma diferença entre dor que está com dor e a superfície abaixo da superfície.

A frente e a parte de trás da figura individual unisex são as mais identificáveis, embora esta ferramenta venha do Questionário de Dor de McGill, incluindo outras medidas.

A maioria dos médicos solicitantes, independentemente de sua especialidade médica, utiliza uma escala de dor de 1 a 10 pontos que é simples, portanto, mantenho todos na mesma página.

Esta ferramenta vem do questionário de dor de McGill, incluindo outras medidas, mas a frente e a parte de trás do corpo da pessoa unisex são as mais identificáveis.

Quão ruim é sua dor - ferramenta de medição

Simply said, take into consideration where your pain level falls the majority of the time—unless you experience extreme pain changes.

Sem dor

0 – Painfree

Dor Gerível

1 – Pain is quite mild, barely noticeable. You don’t think about it.

2 – Small pain. Annoying and may have occasional twinges that are stronger.

3 – Pain distracting and is noticeable, you may get used to it and adapt.

Moderate Pain—Disrupts Regular Day-To-Day Living Tasks

4 – Moderate pain. If you should be deeply in an action, it may be blown off to get a time frame, but is diverting.

5 – Moderately strong pain. It can’t be dismissed for more than a few minutes, but you still can manage to work or participate in some social activities.

6 – Rather strong pain that interferes with normal daily activities. Difficulty focusing.

Severe Pain—Disabling; Debilitating, Reduces Daily Quality Of Life, Cannot Live Independently

7– Severe pain that dominates your senses and significantly restricts your capability to perform ordinary daily tasks or maintain social relationships. Interferes with sleep.

8– Intense pain. Physical action is seriously limited. Conversing requires great exertion.

9. Não é capaz de conversar. Chorando fora ou gemendo incontrolavelmente.

10– Unspeakable pain. Perhaps and bedridden delirious. Mobility may be undermined.

“My Pain Feels Like…”

Most of the time, patients experience one or two consistent pain “feelings” but some can experience a variety of sensations.

Os tipos de dor mais comuns são:

  • Dica punhalada
  • Sensação extrema de calor ou ardente
  • Frio extremo
  • Tecido latejante e inflamado
  • Susceptibilidade ao contato / toque
  • Coceira
  • Dormência, formigamento, alfinetes e agulhas

Criar um jornal de dor

Motivo os pacientes ou os membros da família a documentar um ciclo de dor de uma semana até encontrarem a quiropraxia, a equipe de gerenciamento de dor ou de medicina alternativa.

Além disso, anote quaisquer tratamentos ou atividades que diminuam ou aumentem seu desconforto.

Por exemplo, talvez você tenha descoberto que chuvas ou clima frio permitem que você se sinta pior, mas o exercício ou os banhos de sal Epsom tornam a dor mais gerenciável.

Se você vier preparado com todas essas informações, seu tempo com todo o médico pode ser dedicado aos próximos passos e também a um plano de tratamento, em vez de uma longa revisão de perguntas e respostas das informações fornecidas aqui.

Mais importante ainda, abordar essas questões de antemão assegurará que seu médico receba informações atualizadas e de melhor qualidade.

Conseqüentemente, seu caso pode ser avaliado mais rapidamente e um plano de gerenciamento de dor pode ser colocado em ação para começar a remover ou reduzir o seu sofrimento o mais rápido e eficientemente possível.

Clínica de Quiropraxia Extra: Opção Não-Cirúrgica

Publicações Recentes

Reverta os efeitos do estilo de vida sedentário por meio da quiropraxia

Muitos de nós gastamos muito tempo sentados em uma mesa / estação a cada ... Saiba mais

5 maio 2021

Como diagnosticar a DRC? Cistatina C, eGFR e creatina

A Doença Renal: Melhorando os Resultados Globais (KDIGO) e as Diretrizes de Prática Clínica para a avaliação ... Saiba mais

5 maio 2021

Tigela de Buda Fresca com Grão de Bico Assado

Receita saudável antiinflamatória Pessoas 1 Tamanho da porção 1 Tempo de preparação 15 minutos Tempo de cozimento 30 minutos Total ... Saiba mais

5 maio 2021

Uma abordagem funcional para o desequilíbrio hormonal

Ao tratar o corpo com uma abordagem de medicina funcional, é necessário dar o ... Saiba mais

5 maio 2021

A abordagem genética e preventiva para interromper a hipertensão e as doenças renais

As diretrizes clínicas publicadas anteriormente para tratar doenças cardiovasculares (DCV) eram abordagens precisamente para tratar ... Saiba mais

5 maio 2021

Articulações do corpo e proteção contra artrite reumatóide

Diz-se que a artrite reumatóide afeta cerca de 1.5 milhão de pessoas. Reconhecido como uma doença auto-imune ... Saiba mais

4 maio 2021

Especialista em lesões, traumatismos e reabilitação da coluna vertebral

Histórico e registro online 🔘
Ligue-nos hoje 🔘